Links de Acesso

Trump cria grupo de trabalho para combater epidemia de coronavírus nos Estados Unidos


Presidente americano anuncia medidas

O Presidente americano Donald Trump, afirmou nesta quarta-feira, 26, que o risco de um infeção do coronavirus é baixo e quecientistas do país já estão a caminho de encontrar uma vacina contra o novo coronavírus.

Na conferência de imprensa com a presença de responsáveis do setor da Saúde, Trump ouviu, no entanto, o diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas, Anthony Fauci, dizer que uma vacina só poderia entrar em aplicação após um ano ou um ano e meio.

Trump anunciou na ocasião estar disposto a aprovar um orçamento superior a 2,5 mil milhões de dálares, um montante que ainda está em discussão no Congresso.

O senador democrata Chuck Schummer apresentou uma proposta de 8,5 mil milhões de dólares.

Para liderar o combate a qualquer explosão da doença no país, o vice-presidente Mike Pence comandará o grupo de trabalho, tendo, na ocasião, prometido atuar em conjunto com as autoridades de saúde dos diferentes Estados.

Por seu lado, o secretário de Saúde, Alex Azar, admitiu que o risco pode aumentar.

"O grau de risco tem potencial para mudar rapidamente. E devemos esperar ainda mais casos nos Estados Unidos", afirmou Azar.

Ainda assim, o tom das autoridades norte-americanas que participaram da entrevista coletivna conferêncai de imprensaa foi otimista.

Anne Schuchat, uma das diretoras do Centro de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês), reforçou a declaração de Trump de que as medidas tomadas — como monitoria e controlo dos cidadãos que chegavam da China — surtiram efeitos positivos.

"Nossa estratégia agressiva de contenção aqui nos Estados Unidos tem dado resultados, e é responsável pelos baixos números de casos que temos até agora", disse Schuchat.

Mais tarde, o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC, na sigla em inglês) confirmou mais um caso de novo coronavírus no norte da Califórnia.

A diferença para os registos anteriores é que esse pode ser o primeiro relato de transmissão da doença dentro do território norte-americano.

De acordo com o CDC, o paciente não viajou para nenhum outro país.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG