Links de Acesso

Triplicam processos-crimes de natureza económica na Huíla


Busto de Agostinho Neto, Lubango, Huíla, Angola

Procuradoria daquela província angolana reforçada com novos magistrados

O número de processos-crimes de natureza económica e financeira sob investigação pela Procuradoria da República na província angolana da Huíla triplicou nos últimos quatro meses em comparação com o mesmo período anterior.

São agora cerca de 200 processos contra 60.

A informação surge numa altura em que a província viu-se reforçada com sete novos magistrados do Ministério Público que,segundo o procurador da república titular na Huíla, serão uma mais-valia.

“Com este reforço nós poderemos garantir que haverá maior celeridade e esclarecimento da verdade”, afirmou Gabriel Custódio, que desafiou os procuradores nesta “nova fase da nossa vida”

O procurador-geral adjunto da república e coordenador para a região sul, Hernâni Beira Grande, pediu empenho aos novos magistrados do Ministério Público.

“Aconselhar os colegas que mantenham um bom relacionamento institucional com os órgãos da província. Alguns colegas irão trabalhar nos municípios, por isso irão substituir os que lá estão já há muito tempo”.

A província da Huíla com 14 municípios e cerca de três milhões de habitantes e conta agora com 28 procuradores.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG