Links de Acesso

Tribunal são-tomense coloca em liberdade acusados de golpe de Estado


Edifício dos tribunais

Son Termo de Identidade e Residência vão aguardar o julgamento em liberdade

Os três cidadãos espanhóis e dois são-tomenses acusados de envolvimento numa tentativa de golpe de Estado em São Tomé e Príncipe foram postos em liberdade na noite de segunda-feira, 26.

A decisão foi tomada pelo juiz do Tribunal da Primeira Instância, José Carlos Barreiro, que colocou os acusados, em prisão preventiva desde Agosto, sob Termo de Identidade e Residência.

Eles estão proibidos de deixar o país e os passaportes foram apreendidos.

Os cinco cidadãos foram acusados pelo Governo, em Agosto, de protagonizarem "uma acção terrorista que visava, o sequestro do Presidente da República, do presidente da Assembleia Nacional e a eliminação física do primeiro-ministro".

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG