Links de Acesso

Tribunal confirma autenticidade da carta de José Eduardo dos Santos no caso 500 milhões


José Eduardo dos Santos

O Tribunal Supremo de Angola, que julga o conhecido caso dos 500 milhões, confirmou a autenticidade da carta enviada pelo anterior Presidente José Eduardo dos Santos, na qual ele confirma ter autorizado a transferência daquele montante do Banco Nacional de Angola (BNA) para um banco no Reino Unido, com o objetivo de criar um fundo de garantia para investimentos em Angola.

Em declarações hoje à VOA, o advogado do antigo governador do BNA, Sérgio Raimundo, confirmou a decisão dos juízes e acrescentou que a carta foi entregue ao TS pelo presidente da Fundação Eduardo dos Santos (FESA), Ismael Diogo da Silva, e não pela defesa de Valter Filipe.

Na carta lida ontem no tribunal, Santos confirmava as afirmações feitas por Valter Filipe nas primeiras audiências.

Essa transferência está na base do processo que tem no banco dos réus o antigo governador do BNA, Valter Filipe, o ex-presidente do Fundo Soberano de Angola e filho do antigo Presidente, José Filomeno dos Santos, o empresário Jorge Gaudens e um antigo diretor do banco central, António Samalia Bule.

O julgamento deve continuar nos próximos dias.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG