Links de Acesso

Tribunal aplica prisão preventiva para antiga embaixadora de Moçambique em Angola


Helena Taipo, embaixadora moçambicana

O Tribunal Judicial da Cidade de Maputo determinou, quinta-feira, 18, a prisão preventiva como medida de coação para a antiga Ministra do Trabalho, Maria Helena Taipo.

Ela vai aguardar julgamento em prisão.

Maria Helena Taipo esteve pouco mais de três horas a ser ouvida pelo Juiz da sexta secção do Tribunal Judicial da Cidade do Maputo.

Tribunal aplica prisão preventiva para antiga embaixadora de Moçambique em Angola
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:18 0:00

Detida na última terça-feira, a antiga ministra do Trabalho e embaixadora de Moçambique em Angola, é acusada num processo de corrupção de ter beneficiado ilicitamente de dinheiro proveniente do Instituto Nacional de Segurança Social.

Ao fim da audição, não foi prestada qualquer informação à imprensa.

O advogado de defesa escusou-se de tecer qualquer comentários, contudo, fontes do Tribunal informaram que foi decretada a prisão preventida da antiga ministra.

Lúcio Sumbane aguarda julgamento em liberdade

Quem teve uma sorte diferente foi o empresário Lúcio Sumbana, que vai aguardar o julgamento em liberdade.

O jovem empresário é acusado de ter pago subornos à antiga ministra, para tirar benefícios a favor de uma das empresas de que é gestor.

Ele é filho de Fernando Sumbana, membro sénior do partido Frelimo e que durante vários anos fez parte da estrutura dos governos de Joaquim Chissano e Armando Guebuza, como ministro em várias pastas.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG