Links de Acesso

Transladação de antigo general da UNITA marca "reconciliação em Angola", diz Luanda


Chegada dos restos mortais do General Arlindo Chenda Pena Ben Ben

UNITA saúda gesto de João Lourenço de levar para Angola restos mortais do antigo Chefe de Estado Maior Adjunto

O Governo de Angola agradeceu as autoridades sul-africanas por terem facilitado a transladação dos restos mortais do general Arlindo Chenda Pena Ben Ben, antigo Chefe de Estado Maior Adjunto das Formas Armadas, o que, para Luanda é um gesto “em linha com os profundos laços de amizade que unem os povos de Angola e da África do Sul”.

A gratidão foi expressa nesta quinta-feira, 13, em Pretória, pelo ministro angolano da Justiça e dos Direitos HumanosFrancisco Queirós durante o acto formal de entrega dos restos mortais do general falecido na África do Sul em 1998.

O general era o chefe do exército da UNITA até assumir o cargo nas Forças Armadas de Angola depois do acordo de paz de 1992.

Queirós disse que o regresso das ossadas do general Ben Ben,“corresponde à vontade do Presidente João Lourenço de reconciliar a grande família angolana e reforçar a unidade de todos os angolanos”.

O governante ainda considerou a cerimónia de transferência do corpo de Ben Ben,como sendo “de grande dignidade para a memória de um general das Forças Armadas Angolanas e para a honra da pátria angolana”.

Francisco Queirós disse tratar-se, sobretudo, de um acto humanitário para com a família do general Arlindo Pena, especialmente a mãe que “manifestou o desejo de assistir ao funeral do seu filho na sua terra natal, em companhia dos seus familiares, e num ambiente cultural e tradicional adequado”.

UNITA agradece PR

Para as Forças Armadas Angolanas, ainda segundo o ministro, o acto reveste-se de um grande significado militar “porque trata-se de um camarada de armas que tombou por doença e que não teve as honras militares fúnebres que lhe correspondiam”.

Por seu turno, o porta-voz da UNITA, Alcides Sakala, considera ser“muito importante” o gesto do Governo e do Presidente João Lourenço, no quadro da reconciliação dos angolanos.

A Presidência sul-africana considerou também hoje como um contributo para a "reconciliação" angolana o apoio à trasladação para Angola dos restos mortais do general da UNITA.

Os restos mortais do general Ben Ben vão a enterrar este sábado, 15, no município do Andulo, província do Bié.

Fórum Facebook

Poderá gostar também

XS
SM
MD
LG