Links de Acesso

Trabalhadores angolanos protestam em Dezembro contra o aumento dos preços da cesta básica 


António José, secretário-geral da União dos Sindicatos de Malanje espera adesão de outros movimentos

Uma jornada de protesto contra o aumento do custo de vida e a precariedade do emprego em Angola está marcada para o dia 7 de Dezembro em todas as províncias.

O secretário-geral provincial da União dos Sindicatos de Malanje, António José, que anunciou o protesto, disse que o processo de desenvolvimento económico e social não deve estar desprovido da justiçada, das liberdades e da protecção dos cidadãos.

Os trabalhadores e sindicalistas vão protestar contra o fraco poder de compra devido ao aumento vertiginoso dos preços dos produtos da cesta básica que, segundo o sindicalista, “está a criar convulsões no seio das famílias angolanas”.

"Uma marcha de protesto com palavras de ordem: trabalho digno e vida digna, que tem como objectivos reclamar a ausência de medidas de políticas credíveis do Governo contra a precariedade social e a precariedade do emprego", anunciou José, lembrando que “a cada dia que passa mais empresas fecham as portas e muitos trabalhadores são abandonados”.

Aquele sindicalista afirmou que outros sindicatos independentes poderão participar no protesto que terá três modalidades.

"Ou sob uma sala de aula, ou sob forma de concentração num determinado sítio com palavras de ordem e cartazes, numa marcha pacifica e até mesmo uma vigília", disse.

Por agora, desconhece-se da adesão de outros sindicatos.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG