Links de Acesso

Tete aumenta capacidade de internamento para enfrentar terceira vaga da Covid-19


Vacina Covid-19 AstraZeneca/Oxford

As autoridades de Saúde de Tete triplicaram a capacidade de internamento hospitalar para enfrentar o rápido aumento de casos de coronavírus, quando a província luta para travar a propagação comunitária da variante Delta, cuja presença foi confirmada em Junho.

Moçambique ultrapassou a barreira de mil mortes devido à Covid-19, na terça-feira, 13, ao registar 1.013 casos. Nesta quarta-feira, 14, o Ministério de Saúde anunciou a ocorrência de mais 20 óbitos em pacientes infectados pelo novo coronavirus, nas últimas 24 horas, o que fez disparar para 1.033.

Tete aumenta capacidade de internamento para enfrentar terceira vaga da Covid-19
please wait

No media source currently available

0:00 0:03:13 0:00

A província de Tete, que agora está apenas atrás de Maputo Cidade e província de Maputo em número de casos positivos e óbitos por Covid-19, regista, nas últimas semanas, um aumento de internamentos, situação que tem causado preocupação às autoridades locais.

A taxa de positividade na província de Tete caiu de 41 por cento para 38 por cento, esta semana, e das 793 pessoas testadas nas últimas 24 horas, 223 acusaram positivo para o novo coronavírus, o que mantém em alerta as autoridades.

A província tem um cumulativo de 34 óbitos, 22 dos quais ocorreram durante a terceira vaga da doença, de Maio a Julho, disse a nossa fonte.

“Nós entramos para esta terceira vaga com uma capacidade um pouco reduzida (de 34 camas), mas depois tivemos que alargar a nossa capacidade, e agora temos quase 70 camas disponíveis e o número de internamento está abaixo de 30 por cento (do total de 100 camas)”, explicou à VOA, Helder Dombole, responsável do departamento de saúde pública em Tete.

“Se continuarmos com positividade elevada, os doentes graves vão aumentar e os que vão necessitar de internamente obviamente vão aumentar” disse Dombole, que lançou um apelo para uma responsabilidade “individual e coletiva para que o nosso sistema de saúde na nossa província não entre em colapso”.

O responsável disse que várias tendas foram improvisadas em enfermarias para o tratamento da Covid-19 para responder à procura pelos serviços de saúde.

Helder Dombole disse sem detalhes que as autoridades de Saúde de Tete também estão preocupadas com o cumprimento da quarentena e do isolamento dos casos positivos ou dos que estiveram em contacto com estes, para não circularem e colocarem em risco a vida de outras pessoas.

“É preciso que as pessoas tenham consciência se ‘eu sou positivo, eu não devo me fazer à rua, não devo entrar em contacto com os outros negativos dentro da minha casa’, aliás não deve entrar em contacto com nenhuma outra pessoa sendo positiva, a pessoa deve se manter isolada, isso tem que entrar na cabeça da nossa população para nos ajudar a travar esta pandemia” rematou.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG