Links de Acesso

Tensão aumenta no Médio Oriente com ataques a dois navios


Marinha americana presta asssitência aos barcos

A Marinha americana informou estar a prestar assistência a dois petroleiros que relataram ter sido atacados no Golfo de Omã, na manhã de quinta-feira, 12.

A Quinta Frota americana informou ter recebido chamadas de socorro de ambos os tanques com uma hora de intervalo.

Por seu lado, a agência iraniana de notícias Irna informou que a marinha do Teerão resgatou 44 tripulantes dos navios-tanque e que ambos os navios estavam em chamas.

Uma das operadoras das embarcações afirmou suspeitar que o navio tenha sido atingido por um torpedo, enquanto a outra empresa de navegação informou apenas que o navio estava em chamas.

De acordo com a rede de televisão americana CNN, uma pessoa ficou ferida, enquanto a CBS, também nos Estados, revelou que o "Kokuka Courageous" tinha 21 tripulantes e o "Front Altair", 23.

O Golfo de Omã fica perto do estreito de Hormuz, o canal estratégico que serve como rota vital para o transporte de petróleo bruto.

No mês passado, quatro petroleiros foram também atacados na costa dos Emirados Árabes Unidos e os Estados Unidos responsabilizaram o Irão pelo ataque, no qual terá usado, minas.

Teerão negou qualquer envolvimento.

Este novo incidente acontece no momento em que se encontra em Teerão o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe,que tenta mediar a crise entre o Irão e os Estados Unidos.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG