Links de Acesso

Talibã prometem cessar-fogo nas celebrações do fim do Ramadão


Foto de arquivo de militantes Talibã em Shindand distrito da província de Herat, Afghanistão, 27 de Maio, 2016.

Os Talibã anunciaram neste Sábado, 9 de Junho, que vão parar as ofensivas contra o exército do governo no Afeganistão durante três dias das festas do Eid, que marcam o fim do Ramadão.

O cessar-fogo coincide com a interrupção de uma semana das operações anti-Talibã por parte do Presidente afegão Ashraf Ghani, que vão começar a 12 de Junho.

Presidente Ashraf Ghani
Presidente Ashraf Ghani

Um comunicado dos Talibã diz que a sua liderança decidiu igualmente parar com as reuniões dos militantes em áreas civis durante esse período para permitir que as pessoas celebrem pacificamente o Eid. Mas os Talibã prometem continuar a atacar as coligação liderada pelas forças americanas no país.

Esta vai ser a primeira vez desde 2002 que o grupo insurgente islâmico cessa hostilidades no Afeganistão, onde controla ou contesta actualmente cerca de 407 distritos afegãos.

Um porta-voz em Cabul disse que o governo aceita de bom grande quaisquer passos dos Talibã que conduzam à redução do derramamento de sangue no país.

Mohammad Haroon Chakhansoori disse que o governo espera que os Talibã implementem o seu anúncio de cessar-fogo e que este processo de cessar-fogo temporário se torne em algo a longo termo e resulte na paz sustentável no Afeganistão.

Por seu lado, os Talibã disseram em comunicado que o seu chefe Mullah Haibatullah Akhunzada vai libertar alguns prisioneiros que prometeram que não vão voltar para o exército afegão.

O Presidente Ashraf Ghani disse na quinta-feira, 7, que a interrupção das operações contra os Talibã tem como objectivo encorajá-los a participarem em conversações para a resolução do conflito de 17 anos.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG