Links de Acesso

Talibã dizem que conversações com os EUA mantêm-se


Cabul, Afeganistão

Os Talibã disseram que o seu envolvimento com os Estados Unidos para negociar e “acabar com a guerra e ocupação ilegítima” do Afeganistão mantém-se, pondo de parte quaisquer conversações de paz directa com o governo em Cabul.

O porta-voz dos Talibã, Zabihullah Mujahid disse à VOA que uma nova ronda de discussões com os Estados Unidos está em cima da mesa, mas que datas e locais ainda não foram determinados.

Mujahid respondia assim ao que ele considerou falsas declarações de que os negociadores insurjentes estavam a planear ter negociações directas com as autoridades afegãs na Arábia Saudita no fim do mês de janeiro.

O representante especial americano para a reconciliação do Afeganistão, Zalmay Khalilzad, teve dois dias de conversações em meados de dezembro com uma delegação talibã em Abu Dhabi, onde enviados da Arábia Saudita, Paquistão e do país anfitrião estiveram presentes

O porta-voz dos Talibã disse que não quer ter conversações directas com o governo de Cabul, por se tratar de um “produto da ocupação estrangeira (...) sem autoridade ou abilidade” para acabar com o conflito.

O presidente Donald Trump está entretanto a considerar se deve ou não reduzir significativamente as mais de 14 mil forças americanas no Afeganistão.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG