Links de Acesso

STP: No ano das “legislativas”, principais partidos perfilam candidatos à liderança


Eleições em São Tomé e Príncipe

Os dois maiores partidos políticos de São Tomé e Príncipe agendaram os seus congressos para o primeiro trimestre de 2022, o ano em que o país deverá realizar eleições legislativas, autárquicas e regionais.

O MLSTP-PSD marcou o seu congresso para 19 de março, enquanto que a ADI anunciou que a reunião magna do partido terá lugar em Abril deste ano, sem, no entanto, fixar uma data.

STP: No ano das “legislativas”, principais partidos perfilam candidatos à liderança
please wait

No media source currently available

0:00 0:03:58 0:00

Do lado do MLSTP-PSD algumas figuras já se perfilam como potenciais candidatos à presidência do partido, que lidera a actual coligação no poder.

O actual presidente dos sociais democratas, Jorge Bom Jesus, também não afasta a possibilidade de concorrer a sua própria sucessão, com a promessa de reorganizar o partido.

“Decidimos, no dia 19 de Março, ir ao congresso para eleger esta ou outra direcção, com o objectivo de revitalizar o MLSTP-PSD e preparar o partido para os próximos pleitos eleitorais”, disse Bom Jesus.

Por seu o líder da ADI, na oposição, Patrice Trovoada, ausente do país há mais de três anos, também anunciou este sábado, 5, a realização em Abril do congresso do partido, sem, no entanto, fixar uma data.

Trovoada deixou claro que será candidato à sua própria sucessão.

“A comissão política está pronta para receber outras candidaturas. Entretanto, fica claro que quem for eleito será candidato único do partido ao cargo de Primeiro-ministro e chefe do Governo, nas próximas eleições legislativas”, disse Trovoada.

Para o analista Liberato Moniz, o congresso do MLSTP-PSD será muito concorrido, enquanto que o da ADI será apenas para legalizar a actual direcção junto ao Tribunal constitucional.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG