Links de Acesso

Somália: Homem-bomba mata 15 agentes numa academia da polícia


Polícia da Somália (foto de arquivo).

Al Shabaab assume a responsabilidade

Um homem-bomba disfarçado de agente explodiu dentro de um campo de treinamento da polícia na capital da Somália, Mogadíscio, nesta quinta-feira, 14, e matou, pelo menos, 15 outros agentes, disseram as autoridades.

A agência Reuters cita o porta-voz da polícia, major Mohamed Hussein, dizendo que o agressor tinha explosivos presos ao corpo e que se infiltrou na Academia de Treinamento da Polícia General Kahiye durante um desfile no início da manhã.

“Até agora 15 morreram e outros 17 ficaram feridos”, disse Abdullahi Nur, outro oficial de polícia, à Reuters.

Mais cedo o director do serviço de ambulância relatou o transporte dos corpos de 13 vítimas, além de 15 feridos.

O grupo militante islâmico Al Shabaab assumiu a responsabilidade pelo ataque e informou um número de mortes maior.

“Matamos 27 policiais e ferimos mais”, disse Abdiasis Abu Musab, porta-voz de operações militares do grupo, à Reuters.

O Al Shabaab realiza ataques com bomba em Mogadíscio e outras cidades com frequência.

O grupo, que é aliado da Al Qaeda, mantém uma insurgência contra o governo apoiado pela Organização das Nações Unidase e seus aliados da União Africana com o objectivo de derrubar a gestão e impor a sua própria interpretação severa do islamismo.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG