Links de Acesso

Soldado da ONU e padre católico mortos na República Centro Africana


soldados da ONU na República Centro Africana

Confrontos entre Cristãos e Muçulmanos provocaram a morte de 37 pessoas

Um soldado das forças de paz da ONU e um padre católico foram mortos na Republica Centro Africana, disseram hoje a ONU e a Igreja Católica.

O soldado morreu num hospital para onde havia sido evacuado apos um ataque contra uma base militar em Gbambia na zona ocidental do país, disse a missão da ONU no país, MINUSCA.

Um grupo armado chamado Siriri, criado este ano por criadores de gado Fulani opera na zona.

Desconhece-se a nacionalidade do soldado da ONU.

Entretanto o corpo incinerado de um padre católico foi encontrado na cidade de Alindao no centro do país onde confrontos sectários provocaram a morte de 37 pessoas esta semana.

Um outro padre católico foi morto nessa onda de violência entre Cristãos e Muçulmanos.

Milhares de pessoas tiveram que fugir da área devido aos confrontos. Uma milícia muçulmana, a União para a Paz opera na zona

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG