Links de Acesso

Sindicato da LAM não quer Ethiopian Airlines em Moçambique


O jornal moçambicano O País escreve neste domingo, 25 de Novembro, que o comité sindical das Linhas Aéreas de Moçambique (LAM) quer impedir que a companhia Ethiopian Airlines passe a ter uma subsidiária a fazer voos domésticos em Moçambique.

Contra todas as expectativas, e até contra aquilo que a empresa Linhas Aéreas de Moçambique (LAM) tem vindo a defender, o comité sindical desta companhia quer travar as investidas da Ethiopian Airlines no espaço aéreo moçambicano, escreve o jornal.

Em comunicado, o comité sindical apela a “quem de direito que reponha a legalidade e tome medidas no sentido de que sejam salvaguardados” os seus direitos.

Segundo a agência Xinhua, a Ethiopian Airlines vai iniciar voos domésticos em Moçambique a partir de Dezembro.

O seu itinerário vai incluir Maputo, Tete, Manica, Beira, Chimoio, Quelimane e Nacala Porto. Para tal, a Ethiopian Airlines criou inclusive uma subsidiária que vai operar estes voos, chamada Ethiopian Mozambique Airlines.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG