Links de Acesso

SIC investiga contrato de companhia de construção e Governo de Benguela


Uma conhecida empresa de construção de Benguela, CCJ, está sob investigação por suspeitas de fraude num negócio com o Governo.

Em causa a distribuição de equipamentos adquiridos pelo Estado angolano incluindo camiões-cisternas, cilindro compactador e moto-niveladora.

A CCJ é apontada como beneficiária de meios que custaram ao Estado largos milhões de kwanzas, sem concorrência.

Carlos Cardoso, dono da companhia e presidente da Associação de Construtores de Benguela, foi interrogado pelo Serviço de Investigação Criminal e disse não ter cometido qualquer irregularidade no contrato com o governo.

“Não tenho conluio com ninguém, não dou comissões e também o senhor governador não tem compromissos”, disse acrescentando que “os equipamentos que me foram vendidos são dez ou onze, e eu tenho 50 ou 60”.

Cardoso não quis no entanto falar do montante envolvido afirmando que isso é confidencial e que só o governo pode revelar isso.

“Não posso falar dos preços, vá ao Governo’’, disse o empresário.

A VOA não conseguiu qualquer reacção por parte do governo que não respondeu a telefonemas e mensagens.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG