Links de Acesso

Um mês após o acidente, a porta voz de Michael Schumacher negou as notícias, veiculadas pela Imprensa francesa, que estavam a ser dados os primeiros passos para retirar o piloto alemão do coma induzido a 29 de Dezembro. «Insisto novamente no facto de que qualquer declaração sobre a saúde de Michael, que não vem da equipa médica responsável ou da sua gestão, é apenas especulação.

Repito, nós não comentamos especulações», afirmou a porta-voz Sabine Kehm, em declarações à imprensa local.

Schumacher está hospitalizado desde 29 de Dezembro, quando sofreu um grave acidente de esqui, nos Alpes franceses.
XS
SM
MD
LG