Links de Acesso

Sanções americanas contra o Irão entram em vigor


Mike Pompeo anunciou as sanções

Presidente iraniano desafia sanções e diz que venderá petróleo

As sanções dos Estados Unidos contra os sectores financeiro e energético do Irão entraram hoje em vigor, depois de meses atrás a Administraçao Trump ter abandonado o acordo nuclear assinado entre Teerão e seis países.

Qualquer país que negociar com o Irão será alvo de sanções por parte de Washington que, no entanto, isentou a Turquia, China, Índia, Japão, Coréia do Sul, Taiwan, Itália e Grécia da medida, visando impedir que os preços do petróleo sejam desestabilizados.

Entretanto, hoje, o Presidente iraniano, Hassan Rouhani, disse que o seu país venderá petróleo mesmo contra as novas sanções.

Num discurso durante uma reunião com funcionários do Ministério da Economia, Rohaní classificou a actual situação como uma "guerra económica" e denunciou as políticas americanas, sublinhando que procuram "simplesmente pressionar a população".

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG