Links de Acesso

São Tomé e Príncipe: Tudo apostos para a eleição presidencial de domingo


Campanha presidencial 2021, São Tomé e Príncipe

Os são-tomenses escolham no domingo, 18, o novo Presidente da República, no final da eleição mais concorrida desde o advento da democracia em 1990.

Dezanove candidatos, 16 homens e 3 mulheres estão na corrida ao Palácio Cor-de-rosa.

É a sétima vez que os são-tomenses vão às urnas para eleger o Presidente da República e pela primeira vez o Chefe de Estado em funções não concorre ao segundo mandato.

O porta-voz da Comissão Eleitoral Nacional (CEN), Victor Correia, garante a transparência e tranquilidade no processo.

“Temos tudo organizado para que as eleições se realizem na maior transparência e tranquilidade”, afirmou Correia.

Campanha presidencial 2021, São Tomé Príncipe
Campanha presidencial 2021, São Tomé Príncipe

A maioria dos candidatos na corrida presidencial introduziu uma reclamação na CEN pelo facto de os números atribuídos aos concorrentes no sorteio realizado pelo Tribunal Constitucional não aparecerem no boletim de voto.

Os nomes e as fotografias foram ordenados de acordo com o resultado do sorteio, mas ao contrário das outras eleições não foram colocados os números atribuídos aos 19 concorrentes.

“Nós conhecemos a nossa população e só isto pode criar confusão nos eleitores porque cada candidato fez a sua campanha com base no número que lhe foi atribuído”, explica o mandatário de uma das candidaturas.

Outros detalhes que também podem criar confusão no processo estão a ser esclarecidos pelos agentes da comissão eleitoral nacional.

“O voto do eleitor só deve ser colocado na urna depois dele molhar o seu dedo indicador direito na trinta indelével”, explica um agente da CNE, na formação para os membros das mesas de voto que decorreu até esta sexta feira.

Pelo número de candidatos na corrida presidencial, os analistas acreditam que haverá uma segunda volta.

O processo será acompanhado por equipas de observação internacional da União África, Comunidade dos Estados de África Central, CEAC, Estados Unidos de América e Japão.

Desta vez a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa não confirmou a sua presença.

A campanha eleitoral termina nesta sexta-feira, 18.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG