Links de Acesso

São Tomé e Príncipe: Tribunal adia julgamento contra auditores que relataram desvios de juízes


Em São Tomé o julgamento de quatro auditores do Tribunal de Contas, previsto para hoje, 25, foi adiada sem data marcada, o que foi considerado uma vitória pelo sindicato da categoria, que ameaçou com paralisar as actividades do órgão.

No processo, os juízes autores do processo retiraram a queixa contra os auditores do Tribunal de Contas que produziram o relatório, mas mantiveram a acusação contra o jornalista Óscar Medeiros, então na coordenação da televisão pública, que divulgou o referido relatório de auditoria aos cofres dos tribunais e também contra o estado São-tomense.

Os autores deste processo cível, Manuel Silva Cravid, Presidente do Supremo Tribunal de Justiça e o Juiz Conselheiro Frederico da Glória, alegam terem gasto mais de 30 mil euros e 20 mil euros, respectivamente em viagens e tratamento médicos, por causa dos problemas de saúde que emergiram na sequência do resultado de auditoria.

Eles pedem indemnizações ao jornalista que divulgou o relatório e ao estado são-tomense. (Em Actualização).

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG