Links de Acesso

São Paulo quer proibir uso de plástico em estabelecimentos comerciais


Palhinhas de plástico

A partir de 3 de fevereiro de 2020, restaurantes, bares e hotéis da maior cidade do Brasil estão proibidos de oferecerem aos clientes produtos que contenham plástico. Estão proibidos os copos, canudos (palhinhas), talheres, misturadores de bebida e varas de plástico para prender balões.

Os comerciantes que insistirem em fornecerem esses ítens podem receber multas que variam entre mil e oito mil reais (entre 250 dólares americanos e dois mil dólares), ou até mesmo o encerramento do estabelecimento.

São Paulo quer proibir uso de plástico em estabelecimentos comerciais
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:14 0:00

A medida foi tomada em uma tentativa para reduzir o descarte de plástico na natureza. Por ano, o Brasil produz cerca de seis milhões de toneladas de plástico. Em São Paulo, 16% de todo o lixo que é levado para os aterros na cidade têm plástico na composição. São 635 mil toneladas recolhidas dos domicílios.

  • 16x9 Image

    Edgar Maciel

    Edgar Maciel é jornalista multimédia desde 2011, formado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, no Brasil. Nos últimos anos, acumulou experiências em importantes rádios, canais de TV e portais de Internet brasileiros.

    Baseado em São Paulo, actualmente é coordenador multimédia da revista Veja e correspondente da Voz da América. Como principais temas, cobre política, sociedade e cultura brasileira.

     

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG