Links de Acesso

Refugiados denunciam prisão de companheiros no Centro de Maratane


Cidade de Nampula

Polícia moçambicana diz que estão no país ilegalmente

Refugiados no Centro de Maratane na província moçambicana de Nampula exigem das autoriodades governamentais uma explicação o sobre o paradeiro de 20 companheiros levados do local na quinta-feira, 17, na semana passada, por agentes da policia.

Refugiados denunciam prisão de companheiros no Centro de Maratane
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:40 0:00

Um refugiado que preferiu não ser identificado alega que vivem com medo porque não sabem ~"qual será a próxima vitima das operações da polícia".

Outro refugiado, Camili Bacar Cabwe, conta que os companheiros foram levados depois de terem sido avisados da aproximação de um táxi com agentes da polícia.

De seguida, o carro entrou no centro e levou alguns refugiados por, segundo eles, “ordens superiores”.

Cabwe lamenta a forma como foram levados os refugiados e pede que as famílias sejam informadas das acusações.

Os refugiados já alertaram o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados sobre o caso e esperam “uma intervenção urgente”.

A Polícia da República de Moçambique em Nampula defende-se e diz que os refugiados estão sob custódia policial porque encontram-se ilegalmente no país.

Zacarias Nacute, porta-voz policial, afirmou que a provincia de Cabo Delgado “é um dos principais pontos de entrada de cidadãos estrangeiros no país”.

O Instituto de Apoio aos Refugiados afirma estar a trabalhar com a policia para combater a entrada e permanência de imigrantes ilegais que se nota cada vez mais na provincia de Nampula,

O Centro de Refugiados de Maratane acolhe refugiados que fogem aos conflitos armados, políticos, étnicos e religiosos nos seus países.

Fórum Facebook

Poderá gostar também

XS
SM
MD
LG