Links de Acesso

RDC vai julgar responsáveis por assassinato de funcionários da ONU

  • Redacção VOA

Soldados da ONU no Congo

As autoridades na República Democrática do Congo disseram que dois homens vão em breve ser julgados pelo assassinato de dois peritos das Nações Unidas e o seu intérprete.

Os corpos do americano Michael Sharp, da sueca Zaida Catalan e do seu colega congolês Betu Tshintela foram encontrados em Março depois de terem desaparecido quando investigavam abusos de direitos humanos.

O governo culpou membros de milícia activa na província de Kasai pelos assassinatos que envolveram a mutillação das vítimas.

Um procurador militar que dois dos 16 suspeitos de envolvimento vão começar a ser julgados sob acusação de crimes de guerra e mutilação. Os dois fazem também face a acusações de terrorismo e de apoiarem um grupo rebelde

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG