Links de Acesso

Quase 30 processos crimes por corrupção em Malanje


Carlos dos Santos sub Procurador Geral da Republica em Malanje

O subprocurador-geral da República em Malanje, Carlos Manuel dos Santos, confirmou está terça-feira, 2, que cerca de três dezenas de processos-crime contra corrupção estão em instrução preparatória.

Quatro foram já remetidos em juízo.

Processo crimes de corrupção em Malanje - 1:18
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:18 0:00

Os nomes das pessoas suspeitas de má gestão do erário público estão omitidos à luz da prerrogativa presunção de inocência até ao julgamento.

Carlos Manuel dos Santos disse que estão em instrução preparatória 28 processos “instaurados contra alguns funcionários que no decurso da gestão do erário público posto a sua disposição não souberam agir com lisura e transparência.

Apesar de não terem sido divulgados nomes sabe-se que estão detidos por alegado crime de peculato, nepotismo e tráfico de influência os diretores-gerais do Hospital Materno Infantil e da Escola Pública de Formação de Técnicos de Saúde, do Gabinete Municipal de Educação de Malanje, e o antigo director administrativo e um outro funcionário daquela unidade hospitalar do Hospital Materno Infantil desta província.

O magistrado público que interveio por ocasião das actividades comemorativas aos 40 anos da criação da Procuradoria-Geral da República em Angola, disse que a população já não medo de denunciar actos de corrupção.

“A população despertou, o novo clima que o país está a viver, a liberdade de expressão, a população perdeu o medo, agora já há denúncias”, afirmou.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG