Links de Acesso

Professora que acusa indicado ao Supremo Tribunal dos EUA pede investigação do FBI


Brett Kavanaugh enfrenta acusações

Senado quer ouvir Brett Kavanaugh e Christine Blasey Ford na próxima semana

A professora americana que acusou o juiz indicado pelo Presidente Donald Trump para o Supremo Tribunal, Brett Kavanaugh, de agressão sexual décadas atrás quer que as suas alegações sejam investigadas pelo FBI antes de comparecer a uma audiência do Senado.

A denúncia complicou ainda mais um processo de confirmação que parecia tranquilo para Kavanaugh, cuja aprovação para o cargo vitalício pode consolidar um controlo conservador sobre a maior instância jurídica dos EUA.

Christine Blasey Ford, uma professora universitária da Califórnia, acusou Kavanaugh de atacá-la e tentar despi-la durante uma festa em Maryland em que estava bêbado em 1982, quando ambos freuentavam o ensino secundário.

Kavanaugh classificou as alegações como “completamente falsas”.

Agora, aguarda-se pela decisão do comité de Justiça do Senado sobre os próximos passos.

Alegada má conduta sexual pode atrasar votação de Kavanaugh como juiz do Supremo Tribunal

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG