Links de Acesso

Procurador acusado de infectar mulher com Sida é investigado no Namibe


Josefa da Graça Dungula diz que acto foi propositado

O sub-Procurador Geral da Republica na província angolana de Namibe, Pedro Fonseca, disse ao Novo Jornal que o órgao não está a sonegar a queixa apresentada recentemente pela cidadã Josefa da Graça Dungula, que diz ter sido contaminada com o vírus do HIV-SIDA por um procurador no Namibe.

Em resposta a uma pergunta sobre uma hipotética medida de coação para travar a presumível contínua contaminação a mais pessoas pelo magistrado, Pedro Fonseca disse que a PGR está a fazer o que lhe compete e o resto "cabe ao Procurador Geral e o Conselho Superior da Magistratura do Ministério Publico em Luanda" porque o colega beneficia-se de fórum especial.

Josefa da Graça Dungula, de 30 anos de idade, natural do Namibe e mãe de um filho de 9 anos, apresentou queixa-crime no passado dia 17 de Julho contra o procurador José Muapilai, a quém acusa de lhe ter contaminado propositadamente com a doença e que agora o mesmo furta-se em prestar assistência alimentar e medicamentosa.

O sub-procurador admitiu que o magistrado disse que a acusadora "era sua esposa".

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG