Links de Acesso

Principe Harry "refaz" périplo de Diana em Angola


"Tour" pela África começou na África do Sul e estende-se por Malawi e Botswana

O município do Dirico, na província angolana do Cuando Cubango, recebe nesta quinta-feira, 26, o príncipe inglês Harry, que, entre outras actividades, vai inteirar-se do andamento do processo de desminagem a cargo da instituição inglesa Halo Trust, na esteira do que fez a mãe, a princesa Diana, em 1997.

Principe Harry chefou a Angola - 1:05
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:05 0:00


O governador provincial Júlio Bessa, disse que, no encontro com o príncipe, ele vai centrar a sua atenção“ no turismo e a desminagem dos campos agrícolas”.

Bessa revelou que está a ser produzido pela National Geographic um documentário sobre o projecto “Casa”.

Amanhã, Harris desloca-se à província do Huambo, onde também esteve a mãe e terá encontros com vítimas que se beneficiaram do trabalho humanitário da princesa Diana.

Prinipe Harry vai ao Huambo 2:09
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:09 0:00

No sábado, Harris será recebido pelo Presidente da República e pela primeira-dama em Luanda.

Num artigo publicado hoje no Jornal de Angola, a embaixadora britânica em Angola, Jessica Hand, a propósito da visita, pôe enfase na protecção ambiental e no desenvolvimento do ecoturismo

“A primeira visita oficial de Sua Alteza Real, o Duque de Sussex, a Angola acontece numa altura em que as relações entre o Reino Unido e o país estão a desenvolver-se numa parceria ampla e profunda”, escreve Hand, reiterando que “o Reino Unido pretende apoiar o processo de reforma de Angola e, com ele, a sua ascensão à prosperidade sustentável”.

Harris, continua a embaixadora, vai ver “o progresso que Angola está a fazer para alcançar o seu compromisso sobre o Tratado de Proibição de Minas, de se tornar num território livre de minas terrestres, até 2025.

A diplomata sublinha ainda que o príncipe, que é embaixador da Juventude da Commonwealth, deve aproveitar a oportunidade para “incentivar” Angola a solicitar, formalmente, a sua adesão àquela organização.

A visita de Harry à África começou na Cidade do Cabo, na África do Sul, e estendeu-se ao Botswana e depois de Angola terá o Malaw na agenda.

O príncipe é acompanhado da esposa, Meghan Markle, e do filho, que, no entanto, ficam na África do Sul.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG