Links de Acesso

Primeiro caso suspeito de coronavírus em Angola


Estrada do Zango, Luanda

A ministra da Saúde de Angola Sílvia Lutucuta revelou nesta quarta-feira, 29, que um paciente de nacionalidade chinesa com suspeita de coronavírus está internado na clínica Girassol, em Luanda.

Citada pela agência de notícias Angop, Lutucuta acrescentou que o paciente chegou há 12 dias a Luanda e apresenta sintomas associados ao vírus que já provocou, segundo o Governo chinês, 132 mortos e infetou mais de 6 mil pessoas.

Em conferência de imprensa, Sílvia Lutucuta avançou que as pessoas que mantiveram contacto com o paciente "estão a ser contatadas, para efeito de exames médicos", mas não precisou números.

A governante prometeu mais detalhes sobre o caso, cujos resultados dos testes se aguardam.

Este é o primeiro caso suspeito de contaminação por coronavírus na região da África Austral.

Na segunda-feira, 27, o Governo anggolano anunciou o rastreio de mais de 1.600 pessoas, sem qualquer caso suspeito.

O diretor nacional de Saúde Pública em exercício, Eusébio Manuel, acrescentou que “nos aeroportos, portos, paragens de autocarro e fronteiras continuam a ser reforçadas medidas de vigilância epidemiológica”, bem como ações de informação através da imprensa.

Aquele responsável revelou ainda que uma comissão interministerial elabora, já em fase final, um Plano de Contingência para enfrentar qualquer caso ou casos que possam chegar a Angola.

(Em atualização)

Veja todas as notícias sobre o coronavírus na nossa página de Saúde

Coronavírus - O que é, sintomas, como se transmite?
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:34 0:00

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG