Links de Acesso

Presidente turco em Luanda com agenda cheia


Recep Tayyip Erdoğan, Presidente da Turquia, Ancara 11 de Outubro de 2021

Recep Tayyip Erdoğan retribui visita de João Lourenço à Turquia com negócios e luta contra o terrorismo na agenda

O Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdoğan, chega no final deste domingo, 17, a Angola para uma visita de 24 horas, no início de uma digressão que o levará à Nigéria e ao Togo.

A viagem a Luanda do estadista turco, que tem um pendor económico e diplomático, retribui a visita que o Presidente João Lourenço realizou àquele país, em Julho passado, quando assinou 10 acordos de cooperação bilateral, os primeiros do género entre os dois países a nível presidencial.

Na sequência, um grupo de empresários turcos visitou, no mês seguinte Angola, para avaliar as oportunidades de negócios, potenciais sectores para investimentos e firmar parcerias locais.

Em Luanda, Erdoğan promete aumentar o volume do comércio entre os dois países, depois de ter sido citado pela imprensa do seu país como tendo dito que Ancara estará ao lado de Angola “como um país que já deu provas na sua luta contra o terrorismo”.

A declaração do Presidente Erdogan é interpretada por alguns fazedores de opinião em Luanda como “um sinal de reconhecimento” do gesto do Governo de Angola que em 2017 encerrou na capital do país uma escola e expulsou os funcionários turcos ao seu serviço por, alegadamente, pertencer ao líder religioso e seu adversário político Fethullah Gülen, descrito por Erdoğan como tendo estado na origem do suposto golpe de Estado, entretanto abortado, de Junho de 2016.

O Presidente turco estaria desde então a realizar uma campanha contra a presença de “núcleos terroristas”, ligados a Fethullah Gülen, particularmente em África.

Em Setembro de 2017, Recep Tayyip Erdoğan visitou Moçambique também exigiu o encerramento de escolas ligadas à clérigo Gullen.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG