Links de Acesso

Presidente guineense e CNE analisam eleições antecipadas


Úmaro Sissoco Embaló no dia da sua posse

O presidente da Comissão Nacional de Eleições (CNE) da Guiné-Bissau, José Pedro Sambú, confirmou ter conversado com o Presidente Úmaro Sissoco Embaló sobre a eventualidade da realização de eleições legislativas antecipadas.

“É um assunto que está em cima da mesa", disse Sambu aos jornalistas nesta segunda-feira, 27, em Bissau, mas acrescentou ter analisado apenas “os aspetos técnicos e financeiros fundamentais”.

"De resto, compete ao Presidente da República decidir", declarou em referência à eventualidade de eleições antecipadas, como admitiu o próprio Úmaro Sissoco Embaló na semana passada.

Depois da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (Cedeao) o ter reconhecido como vencedor da segunda volta das eleições de 29 de dezembro e Presidente legítimo do país, Embaló admitiu convocar eleições legislativas antecipadas casa se mantenha “o atual impasse político”.

"Que as pessoas se preparem para as eleições legislativas", alertou na altura.

A Cedeao, no entanto, deu um prazo até 22 de maio para o Presidente guineense nomear um novo Governo de acordo com os resultados das legislativas de 2019, ganhas pelo PAIGC, que detém 47 dos 102 lugares no Parlamento.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG