Links de Acesso

Presidente e primeiro-ministro de Cabo Verde felicitam Joe Biden e Kamala Harris


Ulisses Correia e Silva, primeiro-ministro (esq), e Jorge Carlos Fonseca, Presidente da República (dir), Cabo Verde

Jorge Carlos Fonseca e Ulisses Correia e Silva destacam excelência das relações e a maior comunidade emigrada

As duas principais figuras políticas de Cabo Verde felicitaram Joe Biden e Kamala Harris, projectados pela imprensa como Presidente e vice-presidente dos Estados Unidos.

O Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, e o primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, recorreram às suas páginas no Facebook para se dirigirem aos dois.

EUA: Eleições revelam um país profundamente dividido -4:37
please wait

No media source currently available

0:00 0:04:37 0:00

“Felicito Joe Biden e Kamala Harris pela sua anunciada vitória na eleição presidencial americana e auguro o reforço das relações históricas e culturais entre americanos e cabo-verdianos e da cooperação entre os dois países”, escreveu Fonseca, quem disse esperar que a cooperação entre os dois países “possa vir a atingir um nível que corresponda ao do relacionamento humano entre os dois povos”.

Por seu lado, Ulisses Correia e Silva afirmou que “Cabo Verde conta com a nova Administração americana no reforço das relações diplomáticas, económicas e de parceria para o desenvolvimento com os EUA, país que alberga a maior comunidade cabo-verdiana no exterior e com o qual Cabo Verde tem uma relação de mais de 200 anos”.

O ministro dos Negócios Estrangeiros também felicitou Biden e Kamala e, em entrevista à VOA, prometeu “total engajamento das autoridades do arquipélago no sentido de reforçar a cooperaçãonos domíniospolítico, económico, defesa e segurança, entre outros”.

Luis Filipe Tavares lembrou que “temos a maior comunidade a residir no estrangeiro nos Estados Unidos da América, que é bem integrada e avaliada positivamente pelos americanos, por isso há condições para sempre reforçarmos as nossas relações".

Por sua vez, o secretário-geral do PAICV, principal partido da oposição, afirmou que “a maioria do povo já escolheu o novo Presidente, cabendo agora aceitar a vontade manifestada”.

Julião Varela destacou que o arquipélago possui boas relações com os Estados Unidos e acredita que “essa excelência se manterá independente de quem estiver na Presidência".

Dados não oficais apontam para mais de 150 mil cabo-verdianos e descendentes radicados nos Estados Unidos, país que há 200 anos abriu um consulado no arquipélago.

Washington foi também a primeira capital a reconhecer o Estado de Cabo Verde, a 5 de julho de 1975, dia da independência nacional

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG