Links de Acesso

Polícia de Manica desmantela rede de "candongueiros" de combustível

  • André Baptista

Roubo de combustível é prática comum na região

Negócio, que atinge vários países, prejudica empresas e Governo moçambicano.

A polícia da provincia moçambicana de Manica deteve 12 pessoas, entre camionistas de longo curso e revendedores informais de rua, por venda ilegal e perigosa de combustiveis, nas principais rotas de transporte para os paises vizinhos.

O chefe do Departamento das Relações Públicas do comando da Polícia de Manica revelou à VOA que, após a explosão de um camião-cisterna, que fez mais de 100 mortos e centenas de feridos na provincia vizinha de Tete, passou a controlar nas suas patrulhas práticas de baldeamentos de combustiveis de cisternas e ou tanques dos camiões para alimentar a rede de revendedores de rua, como forma de combater a venda ilgel de combustiveis.

“Foram instaurados quatro processos-crimes contra estes individuos e remetidos ao Ministério Público no primeiro semestre”, adiantou Leonardo Colher, afiançando que as rusgas policiais “abrandaram” focos de venda nas estradas nacionais.

Os camiões-cisternas transportam combustivel do porto da Beira, no Oceano Índico, para abastecer as provincias de Sofala, Manica e Tete, mas também paises como Zimbabue, Malawi, Zambia, RDC e Botsuana.

Polícia reforça patrulhamento

No percuso, através das Estradas Nacionais 6 e 7, largamente usadas por camionistas, os condutores envolvem-se em esquemas de fraude, drenando combustivel das cisternas para alimentar os revendedores, num negócio que prejudica as empresas e o governo moçambicano.

“Vários focos de venda de combustivel foram desmantelados naqueles dois corredores”, acrescentou Colher, acrescentando que nos últimos seis meses reduziram os locais de revenda de combustivel e assim como as transações ilegais.

Ele garantiu que as patrulhas serão mantidas.

O Serviço Nacional de Salvação Pública em Manica revelou recentemente que atingiu um recorde de intervenções em incêndios de camiões-cisternas, em 2016 e durante o primeiro trimestre de 2017.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG