Links de Acesso

Analistas moçambicanos defendem políticas de inclusão na reinserção de guerrilheiros da Renamo


Foto gentilmente cedida por Eliana Silva. Moçambique

Defende-se que o processo deve ser feito com urgência para que não surjam oportunistas que possam colocar a paz em perigo.

Analistas defendem que o processo de desarmamento dos guerrilheiros da Renamo, deve ser acompanhado por políticas de inclusão, que permitam uma verdadeira reconciliação entre os moçambicanos.

O Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, disse esperar que o desarmamento do braço armado da Renamo para a sua integração nas forças de defesa e segurança ou reinserção na vida civil seja concluído antes das eleições municipais de outubro deste ano.

Nyusi afirmou que "fechamos o pacote de descentralização e temos que fazer o mesmo com os assuntos militares, porque estes dois processos andam juntos e não podem ser separados".

Em vários círculos de opinião defende-se que o processo de desarmamento dos guerrilheiros da Renamo deve ser feito com urgência, para que não surjam oportunistas que possam colocar a paz em perigo.

Sendo um processo delicado, analistas dizem que exige políticas de inclusão.

Acompanhe:

Analistas moçambicanos defendem políticas de inclusão na reinserção de guerrilheiros da Renamo
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:20 0:00

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG