Links de Acesso

Polícia francesa procura paradeiro do presidente da Interpol


Meng Hongwei

Esposa diz não ter notícias desde que foi à China na semana passada

A polícia francesa abriu uma investigação sobre o paradeiro do presidente da Interpol, Meng Hongwei, depois de a esposa ter informado que ele está desaparecido desde que viajou à China, seu país natal, na semana passada.

A Interpol não se pronunciou ainda.

Meng ocupou diversos cargos importantes na China, incluindo o de vice-ministro de Segurança Pública.

Ele foi nomeado presidente da Interpol em 2016 e, na época, grupos de direitos humanos expressaram preocupação de que Pequim poderia tentar usar a sua posição na organização para perseguir dissidentes no exterior.

Há algum tempo que Pequim tenta conseguir o apoio de outros países para prender e deportar de volta à China cidadãos que acusa de crimes como corrupção e terrorismo.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG