Links de Acesso

Polícia do Zimbabwe proíbe manifestação marcada para segunda-feira


Líderes do partido MDC do Zimbabwe numa conferência de imprensa depois da proibição da manifestação marcada para 19 de Agosto 2019

A polícia do Zimbabwe proibiu uma manifestação contra o governo planeada para segunda-feira, 19 de Agosto, pelo principal partido de oposição do país na cidade de Bulawayo, dizendo que isso provavelmente resultaria em "desordem pública".

A polícia proibiu outra manifestação planeada pelo Movimento para a Mudança Democrática (MDC) em Harare na sexta-feira passada (16), ao perseguir apoiantes da oposição nas ruas da capital com gás lacrimogéneo e culminando na detenção de dezenas de pessoas.

O MDC, que acusa o governo de repressão e má administração do Presidente Emmerson Mnangagwa, pediu protestos contra a pior crise económica do país em uma década.

"Cidadãos comuns no país estão a passar por dificuldades, então qualquer pedido pelas manifestações pode ser aproveitado pelos cidadãos já agitados e a violência pode explodir", disse a polícia em comunicado proibindo a manifestação.

O líder do MDC, Nelson Chamisa disse na sexta-feira que o seu partido continuaria a mobilizar-se contra o governo, mas que queria evitar "sangue nas ruas".

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG