Links de Acesso

Polícia do Rio de Janeiro faz buscas a casas do governador em investigação de corrupção


Estátua do Cristo Redentor no Rio de Janeiro no seu último dia aberta ao público, devido ao coronavírus

A polícia do Brasil realizou nesta terça-feira, 26 de maio, mandados de busca e apreensão em residências do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, como parte de uma investigação de corrupção.

A polícia federal brasileira afirmou estar a investigar corrupção envolvendo o uso de dinheiro público destinado a combater a pandemia de coronavírus no estado do Rio de Janeiro, sem mencionar quem são os alvos.

Segundo comunicado da polícia, a polícia está a cumprir 12 mandados de busca e apreensão.

Fontes disseram à Reuters que estão a ser investigadas supostas irregularidades relacionadas a hospitais criados para tratar pacientes com a doença respiratória Covid-19.

A polícia invadiu o Palácio Laranjeiras, a residência oficial do governador e a sua casa pessoal no bairro de Grajaú.

Os mandados de busca e apreensão foram expedidos pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), o segundo mais alto tribunal do Brasil.

Nenhum mandado de prisão foi emitido, de acordo com uma fonte da polícia federal.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG