Links de Acesso

Polícia cabo-verdiana faz "varredura" para combater a violência urbana


Entre os detidos há 17 estrangeiros em situação irregular

No momento em que Cabo Verde enfrenta um recrudescer da violência urbana e um dia depois de o primeiro-ministro Ulisses Correia e Silva anunciar um pacote de 14 medidas para combater o fenómeno, a Polícia Nacional (PN) revelou nesta terça-feira, 12, a detenção de 46 pessoas numa operação realizada na passada sexta-feira, 8.

Entre os detidos, estão 17 estrangeiros em situação irregular, enquanto outros 14 foram notificados para comparecer na Direcção de Estrangeiros e Fronteiras (DEF) e oito conduzidos às esquadras

No comunicado, a PN informou que 28 pessoas foram detidas para identificação, sete por posse de arma branca, cinco por condução ilegal, duas para serem apresentadas ao poder judicial, duas em outros casos, uma por desobediência e outra por condução sob efeito do álcool.

A operação apreendeu drogas, armas brancas e bebidas alcoólicas falsificadas, passou a pente fino 162 estabelecimentos comerciais, dois dos quais foram encerrados, e realizou operações de fiscalização a 27 embarcações, entre outras acções.

A nota assinada pelo director de Operações e Comunicações da PN, Mário Marques, justificou a operação como uma iniciativa para“transmitir uma maior tranquilidade e segurança pública aos cidadãos e seus bens, bem como a fiscalização das praias de mar e cidadãos estrangeiros residentes”.

Na semana passada, o Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, apelou a uma forte intervenção do Governo e da sociedade para enfrentar a violência, enquanto o antigo Chefe de Estado e ex-primeiro-ministro Pedro Pires, exortou a uma cooperação entre todos.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG