Links de Acesso

Polícia angolana abre inquérito à morte de duas pessoas em Viana


Demolições Luanda Viana

Moradores dizem que tentavam proteger as suas casas da demolição, Polícia fala em tentativa de invasão da Zona Económica Especial

A Polícia Nacional (PN) de Angola matou na quarta-feira, 4, duas pessoas e feriu outras duas durante uma altercação com residentes da Zona Esconómica Especial, em Viana, nos arredores de Luanda, que tentavam impedir a demolição das suas casas.

Dois mortos em confrontos sobre demolições -2:19
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:16 0:00

A PN afirmou nesta quinta-feira, 5, ter aberto um inquérito para "rapidamente aferir os termos da intervenção policial e apurar responsabilidades de acordo com as conclusões da investigação ".

Entretanto, o responsável da SOS Habitat, André Agusto, condena o acto e considera que a atitude da PN constitui mais uma violação deliberada dos direitos humanos a juntar-se a muitas outras.

Aquele activista social revela que a sua organização está a apurar as circunstâncias em que ocorreu o incidente.

O comando provincial de Luanda da PN acrescenta que as mortes se deveram a uma alegada tentativa de invasão de terrenos da Zona Económica Especial (ZEE), no município de Viana.

Em comunicado, a corporação refere que o incidente ocorreu durante uma intervenção policial em que foram efectuados disparos de arma de fogo para dispersar a multidão”.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG