Links de Acesso

PM são-tomense remodela Governo após ultimato do PR


Jorge Bom Jesus, primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe

O primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe, Jorge Bom Jesus, remodelou o seu Governo neste sábado, 19, dias depois do ultimato dado pelo Presidente Evaristo Carvalho no passadia dia 9.

As novidades radicam na saída das ministras dos Negócios Estrangeiros, Cooperação e Comunidades, Elsa Pinto, e do Turismo, Cultura, Comércio e Industria, Maria da Graça Lavres, e na entrada de três novos membros.

Edite Tenjua, empresária e até agora juíza do Tribunal Constitucional, é a nova chefe da diplomacia, enquanto Aerton do Rosário, assume a pasta de Turismo e Cultura.

O jurista Cilcio Santos é o novo ministro dos Assuntos Parlamentares, Reforma do Estado e Descentralização, e o engenheiro Eugénio Nascimento é agora secretário de Estado das Obras Públicas, Ambiente e Ordenamento de Território.

O primeiro-ministro fez também algumas mexidas na estrutura governativa, com o antigo ministro da Presidência de Conselho de Ministros e Assuntos Parlamentares, Wuando Castro, a assumir a Presidência, do Conselho de Ministros, Comunicação Social e Novas Tecnologias, ao mesmo que o antigo ministro das Obras Públicas, Infraestruturas, Recursos Naturais e Ambiente, Osvaldo de Abreu, vai dirigir o Ministério das Infraestruturas e Recursos Naturais.

Os demais ministérios e secretárias de Estado transitam do Executivo cessante.

No passado dia 9, durante uma reunião do Conselho de Estado, o Presidente Evaristo Carvalho deu um ultimato ao primeiro-ministro ao pedir uma profunda remodelação governamental, no mais tardar, até a passada terça feira, 15.

Na altura, Carvalho, apoiado e eleito com votos do partido na oposição, ADI, ameaçou deixar cair o Governo.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG