Links de Acesso

Pistorius vê pena aumentada para 13 anos e cinco meses de prisão

  • Redacção VOA

Oscar Pistorius

Tribunal Supremo da África do Sul aceita parte do recurso do Ministério Público

O Tribunal Supremo de Apelação da África do Sul aumentou nesta sexta-feira, 24, a pena do campeão paralímpico Oscar Pistorius para 13 anos e cinco meses de prisão pelo assassinato de sua namorada, a modelo Reeva Steenkamp.

Em Julho de 2016, ele tinha sido condenado a seis anos de reclusão, pena inferior aos 15 anos pedidos pela procuradoria, daí o recurso,

Em Agosto, a agência Reuters noticiou que o ex-atleta foi levado ao hospital com ferimentos nos pulsos.

O porta-voz do Departamento de Serviços Correcionais, Manelisi Wolela, declarou que Pistorius negou especulações de que tenha tentado suicídio.

O psicólogo Jonatahn Scholtz afirmou que Pistorius sofre de depressão, tem sintomas de transtornos pós-traumáticos e de ansiedade.

Famoso por também ter competido nos Jogos Olímpicos de Londres-2012, antes dos Jogos Paralímpicos, o atleta conhecido como "Blade Runner" por suas próteses de fibra de carbono continua em liberdade, mas esgotou todas as possibilidades de recursos judiciais.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG