Links de Acesso

Phil Spector, famoso produtor musical e assassino, morre aos 81 anos 


Phil Spector no seu julgamento em 2009

Entre outros grupos e artistas, Phil Spector foi produtor do legendário quarteto de Liverpool, The Beatles.

Morreu Phil Spector, excêntrico e revolucionário produtor musical que transformou o rock com o seu método "Wall of Sound", e que mais tarde foi condenado por assassinato. Ele tinha 81 anos.

Funcionários da prisão estadual da Califórnia disseram que ele morreu, no sábado, 16, de causas naturais, no hospital.

Spector foi condenado pelo assassinato da actriz Lana Clarkson, em 2003, na sua mansão semelhante a um castelo, nos arredores de Los Angeles.

Depois de um julgamento, em 2009, ele foi condenado a 19 anos de prisão.

Clarkson, estrela de "Barbarian Queen", foi encontrado morto a tiros na mansão de Spector nas colinas com vista para Alhambra, uma modesta cidade suburbana nos arredores de Los Angeles.

Até a morte da atriz, que Spector afirmou ter sido um "suicídio acidental", poucos residentes sequer sabiam que a mansão pertencia ao produtor recluso, que passou os seus anos restantes num hospital-prisão, a leste de Stockton.

Décadas antes, Spector fora aclamado como um visionário por canalizar a ambição wagneriana para a música de três minutos, criando a "Wall of Sound", que mesclava harmonias vocais animadas com arranjos orquestrais luxuosos para produzir sucessos pop como "Da Doo Ron Ron" ou "Be My Baby".

Ele foi o raro artista autoconsciente, nos primeiros anos do rock e cultivou uma imagem de mistério e poder com os seus tons escuros e expressão impassível.

Tom Wolfe disse que era "o primeiro magnata da adolescência". Bruce Springsteen e Brian Wilson replicaram abertamente as suas técnicas de gravação, e John Lennon o chamou de "o maior produtor musical de todos os tempos".

Entre outros grupos e artistas, Phil Spector foi produtor do legendário quarteto de Liverpool, The Beatles.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG