Links de Acesso

PGR de Angola investiga desvio de 4,7 mil milhões de dólares


Presidente angolano, João Lourenço, em Benguela

O Procurador-Geral da República (PGR) de Angola, Hélder Pitta Groz, revelou que a instituição está a investigar o desvio de 4,7 mil milhões de dólares com investimentos privados feitos com fundos públicos.

Hélder Pitta Groz acrescentou em Luanda na quarta-feira, 1que a PGR está a recolher toda a documentação necessária para depois chamar os cidadãos envolvidos no desvio do dinheiro do Estado.

“Quando se chegou à conclusão de que havia utilização irregular desses recursos, identificaram-se logo algumas pessoas, mas é necessário que tenhamos toda a documentação e ouvi-los sobre a situação”, advertiu Pitta Groz, que acredita que alguns processos terão uma solução rápida.

O desvio a que se referiu o PGR foi revelado pelo Presidente João Lourenço a 14 de Março em Benguela, ao anunciar a conclusão de um relatório, que ele considerou de "chocante e repugnante".

Lourenço não revelou os nomes das empresas envolvidas, mas afirmou apenas tratar-se de “alguns dos grandes grupos privados da nossa praça”.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG