Links de Acesso

Partido no poder em Angola faz história com primeira mulher vice-presidente


Luísa Damião, vice-presidente do MPLA, partido no poder em Angola

Luísa Damião também é um dos elementos mais jovens do Bureau Político. Mas a sua eleição não é a única mudança no MPLA

O MPLA elegeu, na noite de 8 de Setembro, João Lourenço, como líder do partido e Luísa Pedro Francisco Damião como sua vice-presidente.

Luísa Damião foi eleita com 229 votos, num total de 348 membros do Comité Central, presentes na reunião - ultrapassando assim Carolina Cerqueira, actual ministra da Cultura de Angola.

Damião é a primeira mulher vice-presidente do Movimento Popular de Libertação de Angola e faz história também por ser parte de um grupo jovem dos membros do Bureau Político.

Lourenço avisa que luta contra a corrupção vai fazer cais "camaradas"

Jornalista de profissão, Luísa Damião, é deputada do MPLA pelo círculo Eleitoral Nacional desde 2012 e preside actualmente o Grupo de Mulheres Parlamentares.

Mestre em Ciências da Comunicação, é Secretária do Departamento de Informação, Propaganda e Novas Tecnologias da Organização da Mulher Angolana (OMA) e ocupou os cargos de directora de Informação e, posteriormente, administradora para Informação da agência de notícias de Angola, a Angop.

A eleição de Luísa Damião causou satisfação em vários meios. A jornalista Maria Luísa Rogério, publicou no seu Facebook a sua satifação: "Sinto-me “regozijada” pela escolha. Por ser uma acérrima defensora dos direitos das mulheres e por ser ela, a Luísa Damião que conheço. Está aí uma questão interna do M que me deixa bem disposta"

A activista Sizaltina Cutaia não só elogiou, como chamou a atenção do principal partido da oposição para fazer algo semelhante, escrevendo: "Finalmente uma mulher num lugar de destaque e poder no MPLA".

Outras mudanças no MPLA

No 6º Congresso Extraordinário do MPLA houve outras mudanças. De referir, ainda, a eleição de Álvaro Manuel de Boavida Neto, que já foi governador da província do Namibe e que actualmente é governador e secretário provincial do MPLA do Bié.

Entre as dezenas de candidatos ao Bureau Político alguns nomes conhecidos na arena militante do MPLA ficaram de fora do mesmo: Roberto de Almeida, Bento Bento, Norberto Garciam Higino Carneiro, Magalhães Paiva (Nvunda), António França (Ndalu), Joanes André, Tchipindo João, Aldina da Lomba, Cândida Celeste, Kundi Payama, Paulo Cassoma, João Batista Kussumua, Joana Lina, Dino Matross, Manuel Vicente, Augusto Tomás.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG