Links de Acesso

Partido da CASA-CE abalado por acusações de desvio de fundos


Bandeira da CASA-CE

Um dos partidos que integra a coligação angolana Convergência Ampla de Salvação de Angola– oligação Eleitoral (CASA-CE), o PDP-ANA, está a ser abalado por acusações de que o seu atual presidente, Simão Makazu, estaria envolvido no desvio de verbas da formação.

Ele nega a acusação feita pelo demitido secretário-geral Zissala Mamona Pululu que, juntamente com outros militantes, escreveu uma carta à direção da CASA-CE e ao Tribunal Constitucional (TC)e ao Tribunal de Contas na qual disse que desde 2018 Makazu não presta contas ao partido sobre o uso des verbas.

Pululu acusa Makazu de o ter demitido violando os estatutos do partido e de usar verbas provenientes da CASA-CE para “o seu próprio bolso”.

Em resposta, Simão Makazu diz já ter ganho o assunto no TC.

“Este assunto já foi ao tribunal e os indivíduos foram vencidos em tribunal, é um caso passado”, assegura.

Quanto às acusações de desvios, Makazu nega e afirma que não tem qualquer propriedade que possa justificar as referidas acusações.

"Tenho apenas dois cães que não são meus, são dos meus filhos”, sublinha.

No acórdão nº573/2019, o TC apela ao grupo de militantes para escreverem ao Tribunal de Contas, uma vez que não faz parte das suas atribuições decidir sobre contas dos partidos.

O PDP–ANA é um dos cinco partidos filiados na CASA-CE.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG