Links de Acesso

Pacto de Estabilidade Política viola a Constituição da Republica, diz o jurista guineense Sana Canté


Bissau, Guiné-Bissau

Canté não acredita que a classe política guineense seja capaz de cumprir qualquer pacto.

O governo guineense promove espaços do diálogo para o alcance de um Pacto de Estabilidade Politica, Económica e Social.

Trata-se de uma iniciativa contestada por alguns analistas.

Santa Canté, jurista, diz que a “Constituição e o Povo guineense, infelizmente, estão a ser vítimas das jogadas políticas, o que não podemos compactuar e nem tolerar”.

Canté não acredita que a classe política guineense seja capaz de cumprir qualquer pacto.

“Se já fizeram tudo quanto conseguiram fazer com a nossa Constituição, obviamente, não terão problema de violar o pacto ou qualquer lei ordinária, desde que os seus interesses estejam a ser postos em causa”, diz.

Para o político José Paulo Semedo, o país precisa é de aplicar as leis existentes e não fazer acordos ou pactos. Ele diz que “as leis são acordos prévios. Já existem e devem ser cumpridas. Mais nada”.

Acompanhe:

Pacto de Estabilidade Política viola a Constituição da Republica, diz o jurista guineense Sana Canté
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:31 0:00

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG