Links de Acesso

Ossufo quer desmilitarização digna e humanizada dos homens da Renamo


Ossufo Momade

Líder interino da Renamo diz que será criado organismo para devolução das armas

O coordenador interino da Renamo defendeu uma a reintegração digna e humanizada dos seus homens nas Forças de Defesa e Segurança e revelou que a entrada de antigos guerrilheiros na Polícia da República de Moçambique acontecerá após o cumprimento do acordo assinado entre ele e o Presidente Filipe Nyusi na segunda-feira, 6.

Em conversa por telefone com jornalistas a partir da Gorongosa, Ossufo Momade indicou que “a força residual da Renamo vai proceder à entrega das armas a um organismo previamente instituído para o efeito.

O substituto de Afonso Dhlakama de forma interina não avançou detalhes sobre o acordo, tal como fez Nuysi que apenas disse que mais informações serão reveladas nos próximos dias.

"Congratulamos os moçambicanos, o grupo de contacto e a comunidade internacional, que não tem poupado esforços para o alcance da paz efetiva e a verdadeira reconciliação nacional", concluiu Ossufo Momade.

Fórum Facebook

Poderá gostar também

XS
SM
MD
LG