Links de Acesso

Ossufo Momade alerta que democracia está em risco em Moçambique


Líder da Renamo visita Holanda

O presidente da Renamo, Ossufo Momade, denunciou na Holanda que a democracia em Moçambique está ameaçada e garantiu que “não vai deixar que um partido político faça tudo o que quiser no país”.

"O fim da democracia em Moçambique vai ser um recuo para toda a sociedade. Por isso temos este compromisso de continuar a trabalhar para que a democracia não pare", disse Momade num comunicado do partido em que ele diz estar na Holanda “para procurar parcerias e alertar o mundo de que a democracia se encontra ameaçada”.

Momade acrescenta que corre-se o risco de regredir, “o que seria mau para o bem-estar dos moçambicanos".

"Não podemos deixar que um partido político faça tudo o que quiser no país", sublinhou Ossufo Momade, que iniciou na segunda-feira, 2, uma visita de trabalho à Holanda, acompanhado por quadros seniores do partido, membros da comissão política e deputados.

O líder da oposição moçambicana visitou o Instituto Holandês para a Democracia Multipartidária e o Parlamento e ainda encontrou-se com representantes do comissão de eleições daquele país.

Ossufo Momade deve reunir-se com representantes do Ministério dos Negócios Estrangeiros, partidos políticos, gestores municipais e académicos, acrescenta o comunicado.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG