Links de Acesso

Oposição angolana critica lei das chefias militares

  • Redacção VOA

PR acusado de defender os seus próprios interesses

A lei sobre os mandatos das chefias militares volta ao hemiciclo da Assembleia Nacional angolana para ser analisada e aprovada depois de, no mês de Junho, ter sido retirada da agenda supostamente para ser melhorada e obter maior consenso entre os deputados.

Informações disponíveis garantem que a proposta de diploma do Governo sofreu algumas alterações no seu conteúdo mas, até serem do domínio, a sociedade continua a manifestar-se inquieta e nas redes sociais não são poucos os questionamentos sobre os motivos que estão por detrás da sua sugestão.

O dirigente do PRS, Sapalo António diz que a proposta de lei sugerida pelo Presidente da República visa defender os seus próprios interesses.

Tal como a VOA noticiou em primeira mão no mês passado, a UNITA, na voz do seu deputado Camalata Numa manifestou suspeitas que a lei venha a impedir o futuro Presidente de trabalhar com as chefias militares de sua confiança.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG