Links de Acesso

Oposição são-tomense quer saber o paradeiro do PM e acusa Presidente de conivência


Patrice Trovoada está ausente do país há cerca de 20 dias

Partidos dizem que mensagem à nação de Evaristo Carvalho "não correspondeu às expectativas".

Os partidos da oposição em São Tomé e Príncipe querem saber o paradeiro do primeiro-ministro, Patrice Trovoada, ausente do país há cerca de 20 dias, no início da crise pós-eleitoral instalada no arquipélago.

Oposição são-tomense quer saber o paradeiro do PM e acusa Presidente de conivência
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:50 0:00

Em conferência de imprensa conjunta, o MLSTP-PSD e a coligação PCD-MDFM-UDD acusaram nesta quinta-feira, 1,o Presidente da República de conivência com a alegada situação de abandono do país pelo primeiro-ministro cessante.

Para o presidente da Coligação PCD-MDFM-UDD, Arlindo Carvalho, o discurso à nação proferido ontem por Evaristo Carvalho “não correspondeu às respectivas dos são-tomenses”.

Por seu lado o presidente do MLSTP-PSD exortou o Chefe de Estado a encontrar uma solução rápida para formação do próximo Governo.

Jorge Bom Jesus diz que o país “está abandonado e avisa que a paciência do povo tem limites”.

O líder da oposição desconfia da disponibilidade manifestada pela ADI para dialogar sobre a crise pós-eleitoral instalada no país e alerta Carvalho para não entrar no que considera de “jogo político da ADI”.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG