Links de Acesso

O Estado guineense deve financiar a comunicação social, sugere sindicalista


Jornalistas guineenses em protesto

O secretário-geral do Sindicato de Jornalistas e Técnicos da Comunicação Social da Guiné-Bissau (SINJOTECS) sugere que o Estado deve financiar os órgãos públicos, privados e comunitários de informação para salvar o sector.

Diamantino Domingos Lopes apresentou a sua sugestão após a apresentação de um estudo da Universidade Católica de Portugal, que concluiu que a maior parte dos órgãos da comunicação social guineenses funcionam graças ao apoio do Estado, empresas, cidadãos e organismos internacionais.

Os jornalistas guineenses trabalham sem salário ou com enormes atrasos de pagamento, diz o mesmo estudo.

"Já inauguramos um modelo do financiamento para o setor da comunicação social, falta apresentar ao governo para tomar decisão; penso que o executivo guineense deve financiar os órgãos da comunicação social, até porque o mercado não é favorável," disse Domingos Lopes.

Acompanhe:

O Estado guineense deve financiar a comunicação social, sugere sindicalista
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:56 0:00


Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG